Sessão de Cinema: “Kramer contra Kramer”

Foi o grande vencedor dos Óscares referentes a 1979: um drama familiar protagonizado por Dustin Hoffman e Meryl Streep.

Não deixa de ser curioso, mas é também profundamente desconcertante, que por vezes surja uma ideia “avançada” sobre o cinema dos nossos dias. Ou seja: parte-se do princípio que os temas mais perturbantes (ou “fracturantes”, como diz o cliché) são uma “descoberta” dos filmes contemporâneos — como se antes só houvesse coisas mais ou menos ligeiras e pitorescas… Assim, por exemplo: a observação clínica das convulsões familiares e, em particular, os efeitos concretos que um divórcio pode provocar em pais e filhos. É caso para dizer que vale a pena recuar mais de 40 a…

Leia tudo em sicnoticias

Outras noticias:

Morreu ‘Binau’, uma das figuras históricas do jazz em Portugal
Realizadoras portuguesas em destaque na Netflix
Seis espetáculos preenchem programa de encontro de teatro em Serpa